Página Principal | Pesquise | Fórum | Chat | Aniversariantes | Cadastre-se | Confirmação de Cadastro
Login :  Senha :  
 EXPEDIENTE
 Quem somos
 PROCURE MATÉRIA
 Por autor
 Por data
 Por assunto
 CANAIS
 Biblioteca
 BrasilZÃO
 Código IATA
 Cursos de graduação  e pós reconhecidos
 Cursos livres
 Entidades de Turismo
 EturZinho
 Eventos
 Fala Secretário!
 Humor
 Links recomendados
 Listas de discussão
 Órgãos de Turismo
 Rodarabaiana
 Serviços
 Tudo do Etur
 
 
  Benedito Facco
 
Índice | Apresentação | Patrocínio

Cuba: turismo de saúde e turismo de lazer
4/12/2002 - Benedito Facco





Cuba é a maior ilha do Caribe e tem uma posição estratégica dentro dele.

Fica a leste do Golfo do México. Partindo de Havana temos as seguintes distâncias: 77 km até o Haiti, 140km até Key West (Flórida, U.S.A.). O arquipélago cubano fica junto ao Trópico de Câncer.
Limite da zona sub-tropical do planeta com temperatura média de 25°C ao ano.

Pela sua história, cultura, língua e costumes, Cuba está equalizada no conjunto de países latino-americanos e das Caraíbas. Cuba tem 110.860 km² de extensão territorial e uma população de pouco mais de 11 milhões de habitantes.

Cuba oferece duas modalidades de Turismo: Saúde e Lazer.

Turismo de Saúde

Unicamente os bons resultados diretos sobre o bem-estar pessoal de cada um – o total desaparecimento de uma doença, ou seu alívio radical – podem explicar o crescimento em apenas um período curto, da procura internacional para fazer Turismo de Saúde na ilha.

O atual Turismo de Saúde em Cuba, com um crescimento sustentado e crescente, procede de cerca de 70 países de quase todos os continentes.

Hospitais e Instituições na área de Saúde Hospital Clínico Cirúrgico Hermanos Almeijeiras, Frank País Centro Internacional "Camilo Cienfuegos".

Na capital cubana se encontra o hoje já conhecido célebre pelos seus serviços em clínica médica e transplantologia, principalmente de medula, rins, coração e coração/pulmão; também está o, que é o maior complexo hospitalar do mundo, dedicado a cirurgia ortopédica, traumatológica, reconstrutiva e reabilitação do sistema osteomioarticular, também com resultados surpreendentes.

Uma doença hereditária e lamentavelmente muito comum é a chamada "cegueira noturna" ou retinite pigmentar, mas no", o professor Orfilio Paláez e sua equipe médica encontraram uma maneira (terapia) eficaz capaz de deter o avanço do mal e não se pode deixar de citar também o Centro de Histoterapia Placentária, que enfrenta com êxito ao Vitiligo, a psoríase e outras doenças da pele. Isto sem falar no Centro Internacional de Saúde La Pradera, que põe à disposição dos seus pacientes os serviços médicos especializados mais completos, avaliados por prrestigiosas instituições científicas como o Centro de Investigações Clínico-cirúrgicas (CIMEQ) e o Centro Internacional de Restauração Neurológica (CIREN) entre outras. Enfim, um dos melhores níveis de medicina do mundo, reconhecidamente.

Turismo de Lazer

Havana, capital da ilha com mais ou menos 2.500 mil habitantes é um centro fantástico de cultura, compras e lazer.

Economia: antes do triunfo da revolução, a economia cubana se resumia quase que exclusivamente na monocultura da cana de açúcar com a subseqüente produção açucareira e de alguns de seus derivados. Com o desenvolvimento do país, como resultado de uma acertada política revolucionária, abriu-se um novo horizonte na economia da ilha.

Agora são fundamentais, além da produção açucareira, o charuto, os cítricos, o café e os frutos menores, bem como as indústrias pesqueira e mercante com uma frota que navega em todos os mares do mundo. O níquel o rum, o mel de abelha, o cacau e o arroz.

Hoje incentivam-se as produções de níquel, cromo refratário, manganês, ferro, mármore e outros.

Com a chegada à ilha das redes européias de hotéis e a conseqüente melhoria das já existentes, o mundo com raras exceções descobriu a ilha, isso em meados da década de 90 e hoje Cuba recebe anualmente mais de 5 milhões de turistas e a tendência é a de esses números aumentarem.

Por conseguinte o Turismo hoje na ilha tem uma força econômica muito grande. Quero acreditar mesmo que é a maior fonte de arrecadação. Havana a capital abriga alguns pontos imperdíveis tais com: a praça da Catedral com sua feira de artesanato, principalmente aos sábados com suas já famosas estatuetas de madeira de lei, mármore e cerâmica e objetos de metal, couro e outros.

São típicas as peças feitas com fibras de coco, caracóis, sementes e palhas de palmeira. São imperdíveis também alguns bares e restaurantes da cidade: Bodeguita Del Médio e Floridita, ambos em Habana Vieja, onde Ernest Hemigway tomava diariamente no primeiro o mais conhecido drink cubano, o famoso "mofito", feito a base de rum, hortelã, água mineral gasosa, gelo e açúcar, e no segundo, o "daikiri".

Ainda sobre o primeiro, por incrível que pareça, até hoje está pendurado no teto a cadeira que Hemigway usava e suas paredes guardam ainda hoje autógrafos de artistas americanos famosos que freqüentavam, tais como Ava Gardner, Frank Sinatra entre outros. É considerado um dos melhores sete bares do mundo. É uma instituição da ilha de Fidel.

Não se pode deixar de citar os restaurantes: La Estância, pequeno, charmosíssimo e com uma excelente cozinha crioula; La Cecília, La Fermínia com cozinha internacional, La Divina Pastora especializada em mariscos e peixes, também dono de um charme envorme. Também não se pode deixar de conhecer na região leste de Havana a Marina Hemigway, um espaço verde maravilhoso, rodeado por mar, com comércio, casas e bangalôs, isto sem falar que esse local foi palco do nascimento do best seller "El Viejo y El Mar" de Hemigway.

O mesmo viveu alguns anos na ilha. Ainda na Marina existe um belo hotel quatro estrelas com o mesmo nome do livro acima em homenagem ao autor.

Ainda na área central da cidade (Havana Vieja) não se pode deixar de visitar a "Praça das Armas" inaugurada em 1582 como o centro do poder da cidade. As construções ainda preservadas, datam de 1792. Local bastante animado com feira de livros permantente; O Capitólio – construção majestosa, com 92 m de altura, iniciada em 1910 e terminada em 1929 é uma réplica do homônimo americano. Hoje abriga o museu de Ciências Naturais.

A Praça da Revolução: é aqui que Fidel Castro faz seus famosos discursos tão extensos quanto a própria praça.

As maiores atrações são:

Memorial José Marti e o Ministério do Interior, adornado pelo retrato em relevo de Ernesto "Che" Guevara;

Museu da Revolução – o prédio funcionou como Palácio Presidencial de 1920 a 1959. Para se ter uma idéia do luxo, basta dizer que foi decorado pla Tiffany´s, de New York. Hoje abriga a memória da revolução iniciada em Sierra Maestra;

Quinta Avenida, também conhecida como Avenida de Las Américas, é a mais bela e ampla da cidade. Antes da revolução, contava com nada menos que 12 cassinos;

Hotel Nacional, desde 1930, ano de sua inauguração, esse suntuoso hotel já hospedou gente famosa como Frank Sinatra, Jean Paul Sartre, Wiston Churchill, Alexandre Fleming e Rita Hayworth.

Havana é um perene verão, portanto use roupas leves. Você será abordado nas ruas por vendedores de charutos e de outros produtos mais baratos do que nas lojas ("tiendas"), mas recomenda-se não confiar na procedência das mercadorias.

Se você usa adoçante artificial e esqueceu de levar, compre em algum supermercado, pois pedir tal coisa em restaurantes ou bares parece quase uma heresia. Pensando bem, faz sentido. Afinal esta é a terra do açúcar.

Citando mais alguns lugares interessantíssimos de Cuba:

Pina Del Rio – Província (estado) a leste da ilha, de clima mais ameno, de belos vales e pra orgulho maior de sua gente, dono da maior e melhor produção de tabaco da ilha.

Não podemos esquecer que além de ser a terra do açúcar, cuba é também a terra do melhor charuto do mundo. Varadero: a 140 km de Havana, fica na província de Matanzas (cidade das artes). Vale uma parada. É a praia com a melhor infra estrutura turística de Cuba, além de ter praias de areias branquíssimas e águas cristalinas.

Trinidad: a mais bem preservada arquitetura colonial.

Cayo Largo: a mais turística e bonita ilha do sul Islã de la Juventud: o lugar ideal e preferido dos mergulhadores Playa Giron: um lugar lindo, na histórica Baia dos Porcos Santa Clara: a cidade libertada por "Che" Guevara.

Santiago de Cuba: antiga capital de Cuba. É a segunda maior cidade de Cuba. Fica no extremo sul oriental. É uma cidade que pela sua gente, sua topografia e seus costumes, de certa forma nos lembra Salvador, na Bahia.

Guantanamo

Ainda no extremo oriente, não podemos esquecer de Guantanamo, terra famosa não só por ter uma base militar americana conhecida por todos, bem como por ter dado origem à música de língua hispânica mais conhecida em todo planeta, em homenagem à mulher local a "Guantanamera".

Sierra Maestra Ainda no Oriente temos a famosa Sierra Maestra onde se refugiou e iniciou a guerra de guerrilha Fidel Castro e os 14 sobreviventes dos 82 expedicionários que desembarcaram na pria La Coloradas em dezembro de 1956.

Movimento este que deu origem ao Exército Rebelde, tendo como comandante o próprio Fidel e que em 1º de janeiro de 1959 tomou o poder estabelecendo a partir daí o Governo Revolucionário.

Mais algumas informações sobre a ilha:

60% da população é de cor branca.

Taxa de analfabetismo (pessoas com mais de 10 anos): 3,8%

Possui uma das taxas de mortalidade infantil mais baixas do mundo: 7,2 óbitos para cada mil nascidos vivos.


 
 

Faça como susana tres lagoas jomap, comente esse conteúdo com os outros visitantes Turismo, Cultura e Lazer - ETUR



 
 

Pedimos que após a leitura você nos dê sua opinião sobre esse conteúdo.

Bom
Bom
Regular
Regular
Ruim
Ruim


 
 
Veja mais Benedito Facco:

 Benedito Facco
 
 
195 Usuários On-Line 
Novos Associados
Sejam bem-vindos
Patricia (RS), Cárcia (SP), Ariana (SP), Miriam (SP), Walney (MT), Sueli (RJ)
Gestão 2014 - Ministro de Estado do Turismo Pedro Novais Lima - Embratur: Mário Augusto Lopes Moysés
© 1996-2014 e.Mix Informática e Serviços Ltda.