eMix

Página Principal | Pesquise | Fórum | Chat | Aniversariantes | Cadastre-se | Confirmação de Cadastro
Login :  Senha :  
 EXPEDIENTE
 Quem somos
 PROCURE MATÉRIA
 Por autor
 Por data
 Por assunto
 CANAIS
 Biblioteca
 BrasilZÃO
 Código IATA
 Cursos de graduação  e pós reconhecidos
 Cursos livres
 Entidades de Turismo
 EturZinho
 Eventos
 Fala Secretário!
 Humor
 Links recomendados
 Listas de discussão
 Órgãos de Turismo
 Rodarabaiana
 Serviços
 Tudo do Etur
 
 
  Adriana et al.
 
Índice | Apresentação | Patrocínio

O Turismo no mundo

O que é mesmo sustentabilidade? Segundo Ruschman, uma área só será sustentável se for voltada para a valorização do homem, para sua autenticidade e para a estabilidade ecológica no meio natural.



Considerado a indústria “sem chaminé”, que mais cresce nas últimas décadas no mundo e devido à globalização, o Turismo é o setor da economia mais falado por empreendedores que querem apostar suas cartas em um “negócio” lucrativo. Construção de hotéis, agências e criação ou descoberta de novas formas de explorar esta atividade, vêm a cada dia crescendo de forma surpreendente.

Antes um turismo desordenado, chamado de “turismo de massa”, que trazia consigo a massificação de todos os lugares que eram utilizados. A homogeneização das paisagens e culturas, a perda do olhar turístico. Nessa fase os turistas não tinham a percepção de que ao viajarem poderiam conhecer novas culturas e se integrar a ela de forma a se sentir parte da comunidade. Até a década de 60 a preocupação era de aumentar a demanda turística da região, não se importando com as conseqüências que essa massificação iria ocasionar. Hoje vêm buscando uma nova forma de se fazer turismo através da preservação –um termo errôneo pelo fato de que preservar é a não utilização de algo, fato impossível de ser efetuado no turismo.

Surge o termo sustentabilidade. Mas o que é mesmo sustentabilidade? Segundo Ruschman, uma área só será sustentável se for voltada para a valorização do homem, para sua autenticidade e para a estabilidade ecológica no meio natural. Logo vemos que deve ser conservada a cultura local, valorizando suas origens e o potencial existente, a fauna e flora, além de inserir a comunidade nesse processo, o tornado auto-sustentável.

E para que este turismo sustentável seja efetivamente posto em prática na segmentação do turismo, este passa por sua fase de glamour a sustentável e o Eco-turismo vem ultimamente sendo a atividade que segundo muitos autores está trazendo a possibilidade de tornar essa prática sustentável. E principalmente no caso de eco-turismo, onde sua comercialização trata-se da comercialização de estereótipos, da venda de imagens, de rótulos, com o objetivo concreto e explícito da captação de nichos de demanda diferenciados é que o valor próprio é essencial. Sustentável ou não, o Eco-turismo vem crescendo com tudo e cada dia tendo novos adeptos em todo o mundo. Isto é bom para o Brasil, pois somos um país com riquezas ecológicas deslumbrantes.

Locais propícios e destinados a fazer e desenvolver várias atividades turísticas. Locais ainda não conhecidos e locais que trazem em seu nome um reconhecimento mundial como Pantanal e Amazônia, riquíssimos pólos turísticos conhecidos mundialmente pelas maravilhas naturais existentes. Sua fauna e flora exóticas e distintas uma da outra estimulam a visitação. A cadeia produtiva do país é impulsionada pelo turismo.

Entretanto, devemos estar atentos para que a atividade turística não seja vinculada à depredação ambiental, como ocorre hoje no Egito (pirâmides, esfinge e comércio clandestino de antiguidades bem como avanço urbano sobre os sítios arqueológicos na planície de Gizé).

 
 

Faça como Nilva, comente esse conteúdo com os outros visitantes Turismo, Cultura e Lazer - ETUR



 
 

Pedimos que após a leitura você nos dê sua opinião sobre esse conteúdo.

Bom
Bom
Regular
Regular
Ruim
Ruim


 
 
 
 
111 Usuários On-Line 
Novos Associados
Sejam bem-vindos
Antonio (SP), George (RJ), Nilson (SP), Mara (SP), Wagner (MG), Thaysa (SP)
Gestão 2014 - Ministro de Estado do Turismo Pedro Novais Lima - Embratur: Mário Augusto Lopes Moysés
© 1996-2014 e.Mix Informática e Serviços Ltda.