Página Principal | Pesquise | Fórum | Chat | Aniversariantes | Cadastre-se | Confirmação de Cadastro
Login :  Senha :  
 EXPEDIENTE
 Quem somos
 PROCURE MATÉRIA
 Por autor
 Por data
 Por assunto
 CANAIS
 Biblioteca
 BrasilZÃO
 Código IATA
 Cursos de graduação  e pós reconhecidos
 Cursos livres
 Entidades de Turismo
 EturZinho
 Eventos
 Fala Secretário!
 Humor
 Links recomendados
 Listas de discussão
 Órgãos de Turismo
 Rodarabaiana
 Serviços
 Tudo do Etur
 
 
  José Geraldo de Moura Júnior
 
Índice | Apresentação

Primeira linha aérea ligando Ubá a BH e Rio deve ser inaugurada em outubro

A obra deve custar cerca de R$ 14 milhões e objetiva facilitar a negociação dos comerciantes e empresários do pólo moveleiro da região.



O município de Ubá, na Zona da Mata, está ampliando o aeroporto municipal para implantar, até outubro deste ano, a primeira linha aérea ligando a cidade a Belo Horizonte e ao Rio de Janeiro. O vôo para 40 passageiros será feito pelo menos três vezes por semana pela Total Linhas Aéreas e deve custar cerca de R$ 110. A distância de Ubá à capital mineira deve ser percorrida em cerca de uma hora, 2,5 horas a menos do que o trajeto feito de carro. Atualmente, o aeroporto só opera com aviões particulares.

A obra deve custar cerca de R$ 14 milhões e objetiva facilitar a negociação dos comerciantes e empresários do pólo moveleiro da região. A pista de 1080 metros de comprimento foi pintada e nivelada e deve ser ampliada em 300 metros. O aumento da largura atual, que é de 200 metros, inclusive a lateral de grama, ainda não está definida, pois depende da desativação de uma estrada e da abertura de outra.

Segundo o secretário de obras do município, Aimar dos Santos Ribeiro, a construção de uma estação de passageiros e a implantação do balizamento noturno (iluminação para pouso dia e noite) - itens que contribuem para a adequação do aeroporto aos padrões internacionais - ainda dependem da liberação de recursos dos governos estadual e federal.

Ele conta que representantes do Ministério da Aeronáutica fizeram levantamento topográfico e de engenharia na última sexta para avaliar o que tem que ser feito. Quando eles entregarem o projeto é que o governo poderá liberar o dinheiro. Entretanto, o secretário garante que os 1300 metros de pista serão feitos com os recursos da prefeitura e, se for necessário, será construída uma estação de passageiros mais simplificada para atender a demanda.

A expectativa do secretário é de que já no próximo mês comecem a ocorrer os primeiros pousos e decolagens de aviões de passageiros. A chegada a Belo Horizonte ocorrerá no Aeroporto da Pampulha.


 
 

Comente esse conteúdo com os outros visitantes Turismo, Cultura e Lazer - ETUR



 
 

Pedimos que após a leitura você nos dê sua opinião sobre esse conteúdo.

Bom
Bom
Regular
Regular
Ruim
Ruim


 
 
Veja mais José Geraldo de Moura Júnior:

 Descoberta raridade barroca em distrito de Mariana
 Belo Horizonte recebe a maior feira brasileira dedicada à cachaça
 Belo Horizonte para turista
 Arqueólogos na caça a tesouros históricos
 Passageiros reclamam do serviço prestado pela Gol
 
 
134 Usuários On-Line 
Novos Associados
Sejam bem-vindos
Luiz (SP), Luisa (Portugal), Clotilde (PB), Manoela (RS), Doraneide (PI), Nataiane (PA)
Gestão 2014 - Ministro de Estado do Turismo Pedro Novais Lima - Embratur: Mário Augusto Lopes Moysés
© 1996-2014 e.Mix Informática e Serviços Ltda.